Perguntas Frequentes


Quais são os cursos oferecidos pela UFLA e quantas vagas?

Para mais informações a respeito de cursos e vagas, acesse a página da Diretoria de Processos Seletivos.
http://www.copese.ufla.br/copese/cursos.asp

topo

Como faço para consultar requerimentos no SIPAC?

Para mais informações, acesse o Manual de Consulta de Requerimentos SIPAC abaixo:
Consulta Requerimento SIPAC (.pdf)

topo

Como faço para trancar matrícula na UFLA?

O estudante pode trancar o período por quatro (4) períodos, consecutivos ou não.
O trancamento pode ser feito de duas maneiras:
1) dentro do prazo previsto no calendário para as etapas de matrícula, o estudante entra no SIG e solicita o trancamento,
OU
2) presencialmente na DRCA (para o caso do estudante ter perdido o prazo das etapas de matrícula mas ainda esteja dentro do prazo previsto no calendário escolar do período letivo vigente para trancar o período)
Obs.: Caso o estudante seja calouro no período em que deseja trancar a matrícula, deverá formular seu requerimento à PRG (formulários – Requerimento PRG).

Em todos os casos, é de responsabilidade do estudante a renovação do trancamento.

 

topo

 Como solicitar recuperação de aulas e trabalhos escolares / abonar faltas?

A recuperação de aulas e trabalhos escolares é regulamentada, em legislações superiores à da UFLA, pelo Decreto-Lei nº 1.044, de 21 de outubro de 1969, e pela Lei nº 6.202, de 17 de abril de 1975. O abono de faltas é previsto para o disposto no Decreto-Lei nº 715/69 (serviço militar). Esclarecemos que para ambos os casos existem procedimentos regulamentados pela Resolução CEPE 042, de 21/03/2007.

ATENÇÃO:

  • A partir do dia 20 de janeiro de 2016 a solicitação de Abonos de Faltas e Recuperação de Aulas e Trabalhos Escolares na UFLA terá novos procedimentos. As instruções estão disponíveis no SIG, na página em que é feito o cadastro dos abonos.
  • Instruções para solicitação de Abonos de Faltas e Recuperação de Aulas e Trabalhos Escolares (Clique Aqui)

 

topo

Quais documentos podem acompanhar o requerimento de abono de faltas como comprovantes?

Declarações, atestados médicos, atestados militares e documentos afins.

1) documento comprobatório emitido pela Junta de Serviço Militar ou órgão das Forças Armadas, para os casos do Decreto-lei nº 715.

Decreto-lei nº 715/69 (Serviço Militar)

Assegura o abono de faltas para todo convocado matriculado em Órgão de Formação de Reserva ou reservista que seja obrigado a faltar a suas atividades civis por força de exercício ou manobra, exercício de apresentação das reservas ou cerimônias cívicas, e o Decreto Nº 85.587/80 estende essa justificativa para o Oficial ou Aspirante-a-Oficial da Reserva, convocado para o serviço ativo, desde que apresente o devido comprovante (a lei não ampara o militar de carreira; portanto suas faltas, mesmo que independentes de sua vontade, não terão direito a abono).

2) atestado Médico no qual deverá constar a data de início e do término do afastamento, para os casos do Decreto-lei nº 1044 e da Lei nº 6202.

Decreto-lei nº 1044/69

O estudante que, por motivo de doença, tais como: afecções congênitas ou adquiridas, infecções, traumatismo ou outras condições mórbidas, determinando distúrbios agudos ou agudizados, mas que permaneça com suas condições (faculdades) mentais normais poderá requerer recuperação de aulas e trabalhos escolares.

Lei nº 6202/75

As estudantes gestantes terão um regime de atendimento acadêmico especial a partir do oitavo mês de gestação, por um período de três meses.

O enquadramento no Decreto-lei nº 1044/69 ficará limitado a 40 (quarenta) dias por semestre.

topo

Como reservar salas?

  • Enviando um e-mail para reservadesala@prg.ufla.br contendo o motivo, dia, horários de início e término da atividade, número de participantes e o local pretendido.
  • As solicitações devem ser feitas com antecedência mínima de 24 horas.
  • A resposta também será enviada por e-mail.
  • Os espaços na Universidade cujos controles de uso estão sob responsabilidade da Pró-Reitoria de Graduação são listados no link a seguir, com suas respectivas capacidades:

 Relação dos locais de aula da UFLA sob responsabilidade da PRG

Como mudar de curso, na UFLA?

A cada semestre, após o período de matrículas, é feito um levantamento do número de vagas não preenchidas em cada curso. Estas são oferecidas, inicialmente, para mudança interna de curso (discentes de qualquer curso da UFLA que querem mudar de curso) e é permitida para estudantes regularmente matriculados, condicionada à existência de vaga e às adaptações curriculares necessárias, respeitadas as normas estabelecidas pela Pró-Reitoria de Graduação e os prazos estabelecidos no calendário escolar.

Para solicitar, o estudante deve estar dentro do prazo mínimo de integralização curricular, ter cursado, com aprovação, na UFLA, pelo menos 10% da carga horária do curso de origem, ter no mínimo 50% (cinquenta por cento) de coeficiente de rendimento acadêmico e que deve cursar pelo menos 10% da carga horária estabelecida para o curso pretendido.

O benefício de mudança interna de um curso para outro na UFLA será concedido uma única vez por estudante.

Recomendamos a leitura do Capítulo VI da Resolução CEPE 042/2007.

PERÍODO PARA SOLICITAÇÕES:
Consulte o calendário acadêmico vigente na data da sua solicitação.

(condicionada à existência de vagas)

topo

Como é a transferência para a UFLA?

A cada semestre, após o período de matrículas, é feito um levantamento do número de vagas não preenchidas em cada curso. Estas são oferecidas, inicialmente, para mudança interna de curso. Se sobrarem vagas após essa etapa, elas são oferecidas para transferência externa (estudantes de outras instituições de ensino superior que querem estudar na UFLA).

Poderão candidatar-se estudantes regularmente matriculados em outras instituições de ensino superior (públicas ou privadas), em cursos devidamente autorizados de acordo com a legislação específica em vigor, e que atendam aos seguintes requisitos:

– ter cursado, com aprovação, no mínimo, 20% da carga horária do curso de origem e integralizar, no mínimo, 50% da carga horária estabelecida para conclusão do curso na UFLA.

– o curso de origem deve ser idêntico ou afim ao pretendido para transferência.

Os Colegiados dos cursos divulgarão a relação de cursos afins nos Editais de transferência externa.

A classificação dos candidatos à transferência externa será com base na nota obtida pelo Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Os concorrentes deverão utilizar as notas obtidas no ENEM realizado de no máximo dois anos anteriores ao processo, obedecendo aos pesos das áreas, deliberados pelo colegiado de curso.

PERÍODO PARA SOLICITAÇÕES:
Consulte o calendário acadêmico vigente na data da sua solicitação.

(condicionada à existência de vagas)

topo

O que é obtenção de novo título?

É a oportunidade do diplomado em outro curso de graduação iniciar novo curso, sem exigência de concurso vestibular.

A cada semestre, após o período de matrículas, é feito um levantamento do número de vagas não preenchidas em cada curso. Estas são oferecidas, inicialmente, para mudança interna de curso. Se sobrarem vagas após essa etapa, elas são oferecidas para transferência. Havendo vagas após essas etapas, serão oferecidas para obtenção de novo título.

As disposições serão expressas em edital específico publicado pela Pró-Reitoria de Graduação, em época fixada no calendário escolar.

À critério dos Colegiados de curso poderão ser aproveitados os estudos já realizados.

PERÍODO PARA SOLICITAÇÕES:
Consulte o calendário acadêmico vigente na data da sua solicitação.

(condicionada à existência de vagas)

topo

Como obter informações sobre Monitoria?

Enviando um e-mail para pib.ufla@prg.ufla.br ou acessando Câmara de Monitoria.

topo

Como posso participar do Programa Andifes de Mobilidade Estudantil – PAME?

O Programa Andifes de Mobilidade Estudantil (PAME) alcança tão somente estudantes regularmente matriculados em cursos de graduação em Instituições Federais de Ensino Superior brasileiras, que tenham integralizado todas as disciplinas previstas para o primeiro ano ou 1º e 2º semestres letivos do curso, na instituição de origem (remetente), e que possuam, no máximo, 1 (uma) reprovação por período letivo (ano ou semestre).

O estudante participante do PAME terá vínculo temporário com a Instituição receptora, e o prazo não poderá exceder a dois semestres letivos, consecutivos ou não, podendo, em casos excepcionais, ocorrer renovação, sucessiva ou intercalada, por mais um período letivo.

As solicitações serão feitas em formulário próprio na Pró-Reitoria de Graduação.

PERÍODO PARA SOLICITAÇÕES:
Consulte o calendário acadêmico vigente na data da sua solicitação.

Informações através: Mobilidade Estudantil 

topo

Como solicitar Aproveitamento de Créditos

Para mais informações, acesse: Orientações para Aproveitamento de Créditos

topo